Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Velhote sem condições para conduzir

 

 

Costuma ir lá um cliente, que talvez devido à avançada idade denota um certo ( sem ofensa) desequilíbrio. Treme muito, esquece-se das coisas, atrapalha-se, ouve mal. Enfim, mas só desta ultima vez percebi que ele conduz, pois não sabia da chave do carro.

 

Fiquei a pensar, como é que alguém nestas condições ainda conduz? Põe em risco não só a segurança dele , como a dos com quem se cruza. Será que a família não tem noção disto? Já imaginaram alguém assim na estrada? É preocupante!

Obrigada SR. Provérbios!

 

 

Este Sr. é um doce. Um velhote muito respeitador e educado. Por causa de uma confusão com o preço de um artigo, este senhor pediu-me tantas vezes desculpa. Disse-me que queria me pagar um café se eu pudesse sair um bocadinho dali. Eu disse-lhe que não podia naquele momento mas que ficava para outro dia. Agradeceu-me a disponibilidade e paciência que tive para com ele na resolução daquele problema. Aliás ele desta vez não disse bem um provérbio foi quase uma máxima: " eu não sou parvo só de agora, já sou de há mais tempo"! No fim arrematou dizendo. "Obrigada por me aturar!"
 
Fartou-se de me elogiar. Eu fiquei tão comovida. São clientes como estes que me deixariam saudades se um dia mudasse de emprego. São clientes como este que me fazem acreditar que não sou invisível ali! Obrigada eu Sr. Provérbios!

 

O senhor "provérbios"...

 Há sempre aqueles clientes que por uma ou outra razão nos cativam. Este senhor de que hoje falo é um velhote muito simpático e educado. Só o conheço pelo facto de ele ir quase todos os dias ao supermercado e quase sempre  á minha caixa, ainda que a minha fila esteja grande ele diz que tem tempo.

 

Assim que se aproxima da minha caixa olha para mim e mostra um sorriso. Contou-me que foi carteiro uma vida e que a reforma felizmente chega-lhe  bem e até se sente privilegiado por isso! Mesmo assim, seu único meio de transporte é uma bicicleta a pedais, daí que por vezes vá ao supermercado mais que uma vez para conseguir levar as compras todas.

 

Ele tem sempre um provérbio para qualquer situação ou conversa daí a simpatia mútua. São pessoas simples e humildes como este senhor que por vezes nos salvam o dia!