Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Os descontos só aparecem depois do total

Como já devem saber, no supermercado, quando há descontos imediatos, no ecrã aparece o preço original, e só depois no total é que a conta reduz! Funciona assim na maioria dos supermercados, não só no Continente,  como por exemplo, no Mini-Preço e  Pingo Doce. A excepção que encontrei (dos 4 que analisei) foi no intermaché  , onde o preço da  promoção vem logo no talão!

taloesedescontos.jpg

Um destes dias, eu atendia um casal, aí na casa dos 40 anos. A dado momento, o senhor olhou para o ecrã, e começou a discutir com a esposa a dizer que ela tinha visto mal os preços. Eu queria dizer que o valor que eles estavam a visualizar não era o real, que a conta ia reduzir, mas eles falavam e discutiam. Eu pedia o cartão continente para fazer o total, mas eles nem me ouviam. Vai carrego total, para ver se aclamavam, e aí viram a conta a descer para metade!

 

Era escusado este stresse todo. Não imaginam as vezes que nós dizemos "os descontos so parecem depois do total"!

Quando a fila não avança

É muito comum os clientes levarem um montinho de talões da Galp e pedirem para repartir a conta em parcelas de 15€ ou de 30€ de forma a os descontarem todos. O complicado é quando esta situação acontece num dia de grande movimento. Quem está na fila desespera com a demora, porque pagar, fazer troco, entregar talão, recomeçar de novo, leva o seu tempo. Mas o sistema permite esta situação e a operadora de caixa não pode negar este pedido do cliente. Da ultima vez que este episódio  aconteceu as pessoas que estavam na fila começaram a barafustar, e as frases que ouvi mais foram:

" Se fossem todos assim, isto parava!"

" Você não devia permitir isto!"

 "Isto é um abuso!"

Tento me abstrair e não ligar, mas nem sempre é fácil, porque se por um lado os clientes têm todo o direito em usar o maior número de descontos possível e assim poupar algum dinheiro, por outro lado quem está na fila acaba por esperar mais que o normal!

Será que existe uma solução? Para já, não!