Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A reclamar é que a gente se entende

Estava um cliente (da 3º infância) no corredor a falar alto, a barafustar,  com dois ou três artigos na mão e mesmo assim, gesticulava. 

Como olhei para ele, ouvi ele dizer "empregadas" e depois "café". Deduzi que procurava o corredor do café, e dei indicação nesse sentido. Respondeu "Ah, está neste aqui!?Mas onde, não a vejo!"

É então que a cliente que estava a atender, a rir-se me diz "ele está é a dizer que não encontra empregadas, porque foram todas ao café!"

Lá peguei no telefone,  para pedir apoio. A colega que atendeu, ouviu o senhor a falar alto e perguntou o que se passava, e disse-me calmamente que o senhor não encontrava ninguém porque a loja é grande. O que não deixa de ser verdade. Se o senhor tivesse procurado mais um pouco teria encontrado!

Lá veio alguém ajudar o senhor. E lá foi ele cheio de pressa. Entretanto, que ele pediu uma empregada e quem o acompanhou foi um empregado!

ralhista.jpg

As pessoas por vezes acham que passamos o tempo todo no café, de férias, a almoçar, etc. Não percebem que esses momentos, não são feitos na hora do trabalho! Parece que querem ter ao seu dispor várias empregadas ao mesmo tempo, sempre à sua volta, para responder a perguntas, para os levar ao corredor certo, para dizer o preço, para segurar nos artigos. Claro que há situações que precisam mesmo de ajuda, mas há outras que até nem era assim tão preciso!

Há produtos que ao pack ficam mais baratos

Um cliente levava alguns packs de umas garrafas e tira apenas uma garrafa e diz-me quantas são para eu multiplicar. Eu digo que  tem de me dar um pack porque o registo é ao pack. 

 

O senhor começa a reclamar do trabalho de retirar o pack,  então eu digo: " Mas então deixe estar, não quer tirar o pack eu passo à unidade, mas é possível  que lhe fique  mais caro, mas são só uns cêntimos"!

 

Não é que o homem tirou logo um pack!

teoriasopcaixa.jpg

Como costumo dizer na brincadeira: a situação é im-pres-si-o-nan-te, mas tão impressionante, que até impressiona!

Há reclamações sem sentido

Hoje começaram os cupões de 10% e os de 5€ em compras no valor igual ou superior a 20€ . Então uma cliente tinha um destes cupões de 5€, a conta chegou aos 30€ o que dava perfeitamente para usar o cupão. Só que a cliente levava muitos produtos que tinham desconto imediato e no final quando fiz o total a conta deu cerca de 19€. Então eu disse à cliente que aquele cupão não ia fazer o desconto porque ela tinha de gastar pelo menos 20€. A senhora disse: " Pois, mas eu vi que tinha passado dos 30€"! Respondo: " Sim, mas com os descontos deu 19!" Responde: " É que estão sempre a enganar-nos"! Esta pessoa a reclamar de a conta dar 19€ e  não dar 30€ para usar o cupão!!!

Haja paciência!

cupões em bloco.jpg

 

 

Será que já alguma vez se colocou no meu lugar, de operadora de caixa?

Caro cliente, quando você se esquecer de algum artigo, tente não pedir à operadora de caixa que o vá buscar, pois ela não pode sair dali para o fazer. Ela está ali cativa naquele lugar! E tente não reclamar se não estiver ninguém disponível para o fazer. A culpa não é do serviço, mas sua que não fez uma lista para se guiar por ela e assim não ter esquecimentos!

 

Não estou zangada, mas por vezes estas atitudes, deixam-me aborrecida. Parece que é a operadora de caixa que tem de ter a solução para tudo. Será que já se imaginou no nosso lugar!?

 

Foi apenas coincidência

O movimento estava fraco, poucos clientes e também menos operadoras ao serviço. Eu estava só com uma cliente que tinha o tapete cheio de artigos. Chega um Sr. com o seu carrinho, e diz:" não há mais caixas abertas"? Como se aquela não lhe chegasse! Respondi apenas que de momento não. Então o Sr. dirigiu-se ao balcão de informação e repetiu a mesma pergunta. Por coincidência estava uma colega a chegar para abrir caixa. Então o Sr. convencido que aquela operadora tinha vindo especialmente para o atender porque ele a  tinha solicitado, disse: " estão a ver como vale sempre a pena reclamar!"

reclamar.jpg

Minutos depois, quando ele já ia a sair encontrou no corredor um conhecido e contou-lhe este episódio com a conclusão que ganhamos sempre em reclamar. O caricato da situação, é este senhor se achar o maior, porque reclamou e foi beneficiado por isso. Há cada um!