Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Conciliar horário de trabalho com vida familiar não é fácil

eusoublogger.jpg

Confesso que o que mais me custa neste trabalho é o facto de os horários nem sempre serem compatíveis com a vida familiar. Particularmente com a minha função de mãe, Com os horários escolares do meu filho, pois como ele ainda não consegue abrir as portas para entrar em casa, está dependente da hora de eu o ir buscar à escola. Sim, porque é preferível ele ficar na escola, do que à porta do prédio. E não, não há ninguém que possa ajudar, não há vizinhos, nem amigos, nem avós, pois  uns estão longe e outros também estão a trabalhar. Isto acontece, dois dias por semana. O facto é que,  por vezes fica tantas horas sozinho à espera, que me deixa preocupada e estar a trabalhar com esta preocupação, é um stresse.

As crianças e o multibanco

Muitas vezes os pais deixam que sejam os filhos de tenra idade a fazer o pagamento das compras  com o multibanco, mas será que isso é bom? Será que os torna mais inteligentes, decorarem um código? Não será perigoso? Recentemente perguntei a idade a uma menina e ela disse  que tinha seis, e o pai cheio de orgulho, ainda rectificou: " feitos a semana passada"! Não sei se este hábito é capricho dos filhos ou se é satisfação para os pais...

Uma recompensa para os bons alunos...

 

Fundação Belmiro de Azevedo
Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o nosso patrão também não se esquece dos seus empregados. Refiro-me por exemplo aos prémios escolares e bolsas de estudo da Fundação Belmiro de Azevedo a que os filhos dos empregados podem concorrer.
É claro que nada é dado de mão beijada, pois se assim fosse para além de não haver lugar para todos, não haveria o mesmo estímulo. Assim para os nossos filhos concorrerem têm de  preencher uma ficha de candidatura, mas também é necessário que os resultados obtidos no passado ano lectivo cumpram os requisitos mínimos pretendidos. Sendo que toda a documentação deverá ser entregue até dia 15 de Novembro.
Existem 6 categorias que começam no 5º e 6º ano, chegam ao 12º ano (catg.4), e as categoria 5 e 6 são reservadas aos actuais Bolseiros da Fundação…
Por isso se os seus filhos se inserem neste contexto e se são bons alunos, passe nos Recursos Humanos da sua empresa, e força!

fundacao_belmiroazevedo[1].png