Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

O caso mais dificíl que já tive

Um dia desta semana, um cliente daqueles diários e bem dispostos, está à minha frente enquanto registos as suas compras e diz-me: " Você sabe o que aconteceu à minha mulher?" Quando ele me diz que ela morreu, e de uma morte tão estranha, pois não estava doente, eu fiquei sem reacção, sem palavras! Prosseguiu dizendo que era o aniversário dela, que tinha ido às urgências porque não se sentira bem e ficou a fazer aerossóis e que sem mais nem menos faleceu! O Sr. estava completamente perdido, triste e amargurado. Eu lembro-me bem da senhora pois há anos que os conheço ali do supermercado. Sempre tão amáveis. Ele concluiu dizendo : " já viu a prenda de aniversário que ela e eu recebemos? São mais de trinta anos de vida em comum...e agora isto?" Tive tanta pena do senhor, foi difícil conter-me, só me apetecia chorar...Foi mesmo a situação mais difícil que tive. Os clientes desabafam comigo algumas vezes, mas assim...Tanto desespero no rosto daquele homem! Espero que com o tempo, ele encontre novamente o equilíbrio...

 

Depois uma pessoa que estava na fila que também ficou comovida, perguntou-me quem era o senhor, e eu disse-lhe que não sabia, pois só o conhecia dali. Deve ter estranhado por a conversa ser tão pessoal, entre pessoas que apenas se conhecem de cliente para operadora de caixa.

 

É nestas alturas, que eu penso em como gostaria de ter um curso de psicologia.