Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Para grandes males, grandes remédios

A falta  de civismo de algumas pessoas só se resolvia com algumas medidas. Por exemplo, o cliente que está a seguir,  devia de apenas passar para o outro lado, quando o outro cliente estivesse despachado, e se o tentasse fazer, devia de soar um alarme, que o fizesse recuar imediatamente!

umatras.jpg

É  cada atitude, cada atropelamento de carrinhos, cada falta de privacidade para marcar o código do multibanco, cada cusquice de um em relação ás compras do outro!

A cusquice

A posição onde estou, por vezes faz com que tenha de ouvir coisas sem graça, como por exemplo, comentários de uns clientes relativamente a outros.

Um cliente levava aí cerca de vinte caixas de gelado, daqueles que vêm em caixas de plástico (não daqueles individuais). O cliente pagou e saiu. A cliente que estava a seguir fez logo o comentário: " Aquele deve ter alguma geladaria"! Eu apenas respondi : " pois, não sei!" Pensei que o comentário ia ficar por ali. Mas a cliente prosseguiu: "Só pode ser, ninguém compra assim tanto gelado só para levar para casa"! Depois como eu não disse mais nada a cliente acabou por mudar o assunto.

 

Mas isto não pode ser normal! É uma cusquice, comentar as compras das outras pessoas, cada um é livre de comprar aquilo que quiser. Imaginem que o cliente em vez de vinte caixas de gelados levava vinte caixas de preservativos! Qual seria a dedução de uma cliente destas!?