Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A aplicação do continente no telemóvel

Quando vocês,  clientes,  tiverem de usar a aplicação do continente que têm no vosso  telemóvel,  que é pratica e vantajosa, aconselho-vos a accionar a aplicação ainda na fila.

 

Isto porque, muitas vezes, é quando a operadora pergunta pelo cartão e pelos  cupões que o fazem, e como, a tendência do sistema, é demorar sempre um bocadinho, e isso, torna-se constrangedor porque os outros clientes da fila, ficam a olhar, impacientes, e alguns até podem achar que a pessoa está  a navegar ou a mandar mensagens... Com a aplicação já ativada, é só dizer à operadora que querem usar a aplicação e dizerem o número, a aplicação tem a duração de 20 minutos.

aplicacaocontinente.JPG

É apenas uma sugestão, pois cada um é que sabe como lhe dá mais jeito fazer as coisas. E se  estão na vossa vez, têm o direito de demorar o tempo que for preciso.

 

Muitas vezes há clientes que têm a aplicação instalada, mas tem dificuldade em a saber usar, e nós ajudamos.

 

De qualquer forma deixo as instruções que acho que vos pode ajudar:

 

Depois de carregarem  no atalho da aplicação, vão  ter à fase em que aparece o vosso saldo, e os cupões,  em baixo devem  carregar na opção "usar na loja", depois em "ver cupões", de seguida,  selecionam os cupões que precisam, e finalmente carregam em "autorizar" para gerar um número que é o vosso nº telemóvel. Têm mesmo de fazer todo esse processo, não basta dizer o número.

Ela vai ao supermercado e leva tudo, menos o que ia comprar

A mulher estaciona no parque do continente porque precisa de ir comprar pão para o almoço. Por isso, e como é só uma coisa, não precisa de levar cesto e muito menos carrinho. Quando entra, repara logo num produto que está com um desconto de 50 % imediato, pensa ”olha que fixe, vou já levar dois”! Leva os dois produtos nos braços e segue pelos corredores.

 

Mais à frente repara em algo que está em falta na sua dispensa, e decide, também levar. Começa a tirar artigos e mais artigos e às tantas deixa cair coisas no chão e percebe que o melhor é ir buscar um daqueles cestinhos com rodas.

 

Prossegue viagem, e começa a encher cada vez mais o cestinho. Até que pensa que não trouxe sacos e que o melhor é mesmo ir buscar um carrinho. No fim de tudo, vai para a caixa e começa a colocar os artigos, é aí que se lembra que leva tudo, menos o pão, que era o que ia buscar…

 

É uma situação muito comum que acontece no supermercado, quem é que já não passou por algo semelhante!? Pois fique a saber, que não está sozinha(o), pois durante o meu dia de trabalho, esta situação repete-se inúmeras vezes!

 

situimagem.jpg

 

Fome de vencer - Continente 2018

fomedevencer001.jpg

Para incentivar os portugueses a alimentar a Fome de vencer, o continente tem agora uma nova campanha,  é uma caderneta/álbum de cromos da Seleção portuguesa, que está rumo ao Mundial da Rússia de 2018. Os cromos, em carteiras de quatro,  são oferecidos aos clientes que fazem compras e que utilizam o cartão continente/universo.

 

É  sobretudo, uma coleção de memórias que vão ficar para história.

fomedevencer002.jpg

E tem uma vertente solidaria, pois por cada álbum vendido, a Missão Continente e a Federação Portuguesa de Futebol doam 0,50€ à Operação Nariz Vermelho.

 

Mais informações no seu supermercado continente ou em  Fome de vencer.

O funcionamento dos cupões dos 15%

Sempre que há estes cupões, as pessoas têm dúvidas, apesar dos mesmo, já  não serem novidade.

cupone.JPG

Vem tudo lá escrito, e nós avisamos e sublinhamos no talão de compra, porque também vem lá mencionada a data ,  referindo que o saldo daquele cupão tem de ser descontado naquele período, caso contrário, desaparece. São regras, se não gostam, paciência,  mas não venham dizer que é malandragem!

 

Felizmente há clientes, que até gostam destes cupões, porque o valor acumulado é razoável, e têm uma semana para usufruir do desconto...

versocupao.JPG

Ler o verso também é importante.

O homem que se desenrasca bem sem ajuda

Estava a ajudar uma cliente já com alguma idade,  a embalar as compras, sim, porque nós ajudamos, principalmente se as pessoas compram sacos e percebemos que com uma ajudinha, as coisas funcionam melhor, e mais rapidamente. Mas muitas vezes, as pessoas, querem separar as compras à sua maneira nos sacos e preferem fazê-lo elas próprias!

 

Também é complicado ajudar, quando dizem, "não misture isto com aquilo"; "não junte os alhos com os bugalhos", ou "isso cabe tudo num só saco" (e é mentira), e depois somos nós a rebentar com o saco, e elas ficam todas contentes porque foi a operadora que estragou!

 

Enfim...mas isso já seria outro assunto.

 

Voltando, ao atendimento, a  seguir está um senhor, aí de uns quarenta e tal anos. Pede sacos, pergunto se precisa de ajuda e ele responde:

- Não! Acho que ainda me posso considerar um homem desenrascado!

 

"Querem lá ver que ofendi o senhor"! - Pensei.

Lá consegui dar a volta ao assunto, e penso que o senhor entendeu que não lhe fiz a pergunta, por o considerar incapaz, ou lento, mas sim por cortesia!

herois-a-portuguesa.jpg