Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Quando um cliente divertido fica doente

doiscasal.jpg

O nosso cliente mais bem disposto, feliz e que tantos nos fez rir, continua doentito. Atendi a esposa, e vi que está de rastos, quando perguntamos por ele, ela chora e diz que não está nada bem!

Custa tanto saber disto. Gostaria tanto que ele recuperasse e voltasse para nos voltar a fazer rir! E gostaria que a dor da esposa, não fosse tão grande!

Clientes queridos e especiais

Há clientes que com tantos anos de convivência, mesmo só os conhecendo dali, já há amizade e até afinidade!

Por vezes, há até gostos em comum, que vamos descobrindo ao longo do tempo. Um casal amigo cuja senhora sempre falava das suas gatas e eu dos meus gatos.  Perguntava sempre pelos "meus meninos" e eu pelas "meninas dela"!

Antes iam só o casal, já com alguma idade, mas também com vitalidade. Depois passaram a ser acompanhados pela filha. No entanto, comecei a ver só a filha. Um dia tive a oportunidade e perguntei-lhe pelos pais, e, foi aí, que fiquei a saber que aquela simpática senhora, estava com demência.  Assim sendo,  não podia sair,  o pai ficava a cuidar dela, pois ela já fazia muitos disparates.  Esta filha até ficou de lágrimas nos olhos ao me contar a situação. Fiquei triste e surpreendida, porque ainda há tão pouco tempo, tinha falado com a senhora e não percebido tinha qualquer sinal de doença!

É realmente triste irmos deixando de ver certos clientes, e darmos conta que o tempo galopa e não perdoa!

123654.jpg