Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Barómetro de Opinião 2008

“ (...) questionário permite-lhe expressar a sua opinião sobre a forma como se trabalha na Sonae Distribuição, e está a der distribuído simultaneamente a todos os colaboradores (...) é essencial que participe e que responda exactamente o que pensa (...) a primeira resposta que lhe ocorrer é a melhor, porque é a mais genuína (...) preencha o questionário sozinho não partilhando as respostas. Os questionários são anónimos e toda a informação neles contida é absolutamente confidencial. A informação será analisada exclusivamente pela MBA Consultores, sendo os questionários posteriormente destruídos (...)"

 

 

Era mais ou menos assim que começava o chamado "Barómetro de Opinião", uma longa lista de perguntas a que nós colaboradores Sonae tivemos de responder. Estas perguntas eram essencialmente para ver o nosso grau de satisfação no trabalho. Gostei de fazer o inquérito,   uma vez que é anónimo, pude ser absolutamente sincera naquilo que respondi. No fim do inquérito havia umas linhas em branco, onde nós podíamos acrescentar alguma coisa que faltasse nas perguntas, eu aproveitei para pedir mais horas para as operadoras de caixa. Sim, mais horas, porque nas outras secções os colegas trabalham a oito horas e nas caixas só aceitam pessoas em partime. Fazer mais horas para mim significava um aumento de ordenado, maior estabilidade, maior satisfação. Afinal até hoje ainda ninguém me explicou qual a razão de as operadoras de caixa nesta empresa só poderem trabalhar a partime...Deveria haver as duas hipóteses, deveria ser opção e não imposição...