Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

O açambarcamento do álcool em tempo de pandemia

28425872-scaled_770x433_acf_cropped-1[1].jpg

Hoje estava a atender um senhor que trazia dois frasquinhos de álcool gel, disse-lhe que só podia vender um por cliente.

Ele: Mas ali no Pingo Doce há pargas disso e cada um leva o que quiser!

Eu: Então vá lá comprar!

Ele: Não é  isso, queria era que me dissesse porque é assim num, e não é no outro!

Eu: Não sei, eu só estou aqui para cumprir o que me mandam fazer!

A este propósito queria referenciar que há um decreto lei de janeiro de 1984, onde o artigo 29º é relativo ao açambarcamento, e que recentemente o governo, neste âmbito recomendou aos estabelecimentos que tomassem medidas que dissuadam o açambarcamento. Esse decreto lei está exposto no supermercado. E também incluído e atualizado  no  nº2-A/2020, de 20 de março.  

dl28-84.jpg

Torna-se cansativo assistir  ás artimanhas que muitos clientes fazem, para levarem álcool para casa, porque mesmo que o nosso sistema não permita dois frascos numa conta, eles dizem para fazer duas, três ou até mais contas, pagam com cartões diferentes, ou então, saem da loja e voltam a entrar, e ficam chateados quando lembramos que o álcool está limitado por estar em escassez! Muitas vezes, até pode haver pessoas que precisem mesmo mesmo de levar mais que um, por ser para um familiar próximo, mas por causa dos excessos de uns, pagam os outros.

Claro que alguns dizem entender, mas são poucos os que têm essa consciência! Uma coisa é certa, é um produto que mal chega, sai logo!

Não podemos vender bebidas alcoólicas a menores de 16 anos

Já todos sabemos que não podemos vender bebidas com álcool a menores de 16. Aprendemos isso nas formações. Mas é nesta altura do ano que mais nos lembramos disso, pois é altura de comprar as bebidas para a passagem do ano. Também foi dito a todos os operadores de caixa para estarmos atentos ao facto. Hoje lá estava um grupo de cerca de 10 jovens, e de certo alguns deles não teriam 16 anos. Eu sabia que tinha de pedir o BI, pelo menos um deles ( de preferência o que ia pagar) teria de ter idade permitida por lei. Já me preparava para o fazer, mas eles dirigiram-se a outra caixa. A pessoa que pagou tinha 18 anos. Não houve qualquer problema!