Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Saber esperar...e ouvir

Estou a registar as compras a umas pessoas que levavam muitos artigos com super preço, ou seja, com desconto imediato. Mas, eu não sei de cor os descontos que estão a decorrer, pois felizmente está tudo no sistema.

 

À medida que vou registando os artigos, o preço que passa é o original, sem desconto. As pessoas estão a olhar para o ecrã, paradas, pasmadas. Nem arrumam os artigos, pois estão numa espécie de "estado de choque"! Uma começa abanar-se e a dizer "ai...em quanto é que a conta já vai!?" Diz a outra: "a como é que passou aquele detergente!?" E começam a discursar,  entre elas,  aflitas e eu a dizer, que se tinham produtos com desconto, a conta ia baixar. Mas elas, não me ouviam e estavam prestes a ter uma coisinha má, carrego no total e a conta reduz para metade, e digo qual  o valor da conta.

 

Lá respiram de alivio.

 

Eu sei, que o custo de vida está mau, que pode haver enganos, que desconfiar é natural, mas porque não têm  calma e não esperam até a operadora dizer o total. Tive de carregar no total, para as aclamar, antes de fazer todas aquelas perguntas obrigatórias, incluindo contribuinte na fatura, e depois voltar atrás.

 

E esta situação repete-se muitas vezes! 

 

atencaopessoal.jpg

2 comentários

  • Imagem de perfil

    A-lupa-de-alguem 16.11.2016 14:46

    O sistema até pode não ser perfeito, mas as pessoas também não têm muita calma!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.