Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

O melhor de 2015 para a operadora de caixa e não só

O dia 15 de fevereiro de 2015, ficou  marcado como o dia em que se iniciou uma nova era. A partir deste dia, os sacos de plástico deixaram de ser oferecidos, e passaram a ser pagos! A novidade não chegou só ao continente, mas também a outros estabelecimentos, a mudança não foi só para supermercados, como praticamente em todos ramos!

 

O bom desta medida, é a diminuição do uso dos sacos plástico, o que melhora o ambiente, faz com as pessoas tenham aprendido a organizar melhor os artigos dentro dos sacos, a serem mais cautelosos com o embalamento. Surgiram uma imensidão de sacos feitos de materiais reciclados, mais duráveis, de muitas cores e feitios.

 

Inicialmente os clientes esqueciam-se de trazer sacos, ou deixavam-nos no carro, hoje em dia, os clientes já estão mais habituados, mais consciencializados, mais preparados.

 

O que no início eu achava engraçado era o facto de as pessoas agora, até levarem as compras apinhadas nos braços. E muitas não o fazem só para não pagar os dez cêntimos, mas também porque querem mesmo, aprender a trazer sacos recicláveis, a mudarem de atitude, a reciclarem.

 

Sei que muitas pessoas custaram a aceitar esta medida, outras culpam os políticos, e dizem  que foi tudo  para o governo ganhar dinheiro. Também existem os que dizem que os sacos de plástico eram mais higiénicos.

 

Como operadora de caixa , confesso que gostei muito desta medida. Aliás, mesmo antes desta medida ter chegado  eu  já usava sacos ecológicos muitas vezes. Talvez, pelo fato de eu ter vivido uma temporada na década de 90 na Suíça,  onde esta prática era habitual e onde os sacos de plástico nem sequer existiam, nem gratuitos, nem a pagar. E a Suíça era (e é) um pais muito limpinho, sem lixo espalhado nas ruas, pode ser que esta medida leve Portugal   a aproximar-se um bocadinho deste país!

 

Espero  que, seja para continuar, e não para se voltar atrás nesta medida! Pode ser que um dia, os sacos plástico deixem mesmo de existir!

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.