Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Atitudes que podem evitar no supermercado

imagem2365987.jpg

Uma tendência que algumas pessoas têm, e que me deixa um pouco triste, é deixarem artigos frescos ou congelados em qualquer corredor. Por exemplo, deixar o peixe amanhado, fiambre ou marisco congelado no corredor dos detergentes. O que acontece é que vai acabar por ir parar ao lixo. Não custa nada, chegarem à operadora de caixa, e dizerem que desistiram de levar aquele artigo. Assim, nós podemos voltar a colocar o artigo no sitio certo, sem que se estrague.

 

Um artigo estragado, não serve para nada, nem dá para oferecer a alguma associação, (pensem  em quem passa fome) vai diretamente para o lixo, e fica no prejuízo, e se há prejuízo, haverá também menos dinheiro para manter os funcionários.

 

Pensem nisso. Obrigada!

Blogs do ano - como votar

Os BLOGS DO ANO, são uma iniciativa da Média Capital (TVI) que visam revelar e premiar os influenciadores digitais do ano.

 

Os prémios BLOGS DO ANO estão divididos em cinco categorias: Blogs, Vlogs, Revelação, Vídeo do Ano e Campanha com Influenciadores.

 

A categoria de BLOGS desdobra-se em 12 sub-categorias temáticas, das quais sairão 12 vencedores, um por categoria: beleza, culinária, decoração, desporto, entretenimento , família, inovação e tecnologia,lifestyle,moda, negócios e empreendedorismo, Política, Educação e Economia e viagens.

 

A lupa de alguém está no entretenimento.

 

Das edições anteriores, eu tinha a ideia que estas nomeações seriam para blogges mais conhecidos, por isso, foi com alguma surpresa, mas também contentamento, que recebi a nomeação. Estou muito grata pela oportunidade.

 

A pedido da maltinha, cá estão as instruções para que votem neste blogue para ter o maior número de votos possível.

 

Primeiro que tudo têm de ir  ao site dos Blogs do Ano, e escolher a opção votações.

https://blogsdoano.iol.pt/votacao

0001.jpg

Depois percorram os blogues pelas categorias. O meu está, como já referi,  na categoria Entretenimento. O nome do blogue “A lupa de alguém”. Os meus opositores também lá estão.

002.jpg

Da primeira vez têm de fazer registo.

003.jpg

004.jpg

As votações são até dia 20 de outubro e podem votar UMA vez de 24 em 24 horas. Ajudem-me a ganhar este prémio que valoriza a profissão de operadora de caixa e também as idas de todos vós ao supermercado. Obrigada a todos!

Caderneta pyrex continente 2018

campanhapirex2018.jpg

 

pirexContinente.JPG

cadernetaselos.JPG

Informações aqui .

 

Mais uma campanha com selinhos, desta vez pyrex's. Sim, já não é a primeira vez que são pyrex's, é uma repetição, mas tanto a caderneta, como os selos, e até os pyrex's, são diferentes.

 

Funciona da mesma maneira, ou seja, um selo por cada €20 de compras. a campanha vai até 20 de janeiro.

 

A maioria dos clientes mostraram satisfação pelo produto, mas há sempre um ou outro cliente, diz:"ah  eu preferia que fosse..."!

Blog nomeado para os Blogs do Ano

É com muita satisfação que anuncio a nomeação deste blogue para os prémios Blogs do Ano, na categoria Entretenimento, com os blogs "Eu, Cláudio", "Henricartoon" e "A televisão".

lupanomeada.JPG

A cerimonia de revelação dos nomeados foi no CCB. Foi uma cerimonia cheia de glamour, com caras conhecidas da TVI, jornalistas, fotógrafos, com música, cocktail. Como já aqui disse, não sou muito de aparecer, de dar nas vistas, sou acanhada, mas até me correu bem. Deixo algumas fotos.

 

eublogger.jpg

comfatimalopesefilho.jpg

comjoseACarvalho.jpg

commarido.jpg

entrevista.jpg

eunoCCB.jpg

imegem23tyu.jpg

praTVI.jpg

Agradeço ao júri que nomeou o "A Lupa de Alguém", agradeço a quem recomendou este blogue, agradeço a todos os visitantes do blogue, agradeço ao marido e filhote, por estarem sempre ao meu lado, agradeço a todos os clientes que passam pela "minha" caixa de supermercado, pois são eles a minha maior fonte de inspiração, para a escrita! Obrigada pelo apoio.

 

Agora, se quiserem votar neste blogue, é só irem https://blogsdoano.iol.pt/  em breve, se não já, as votações estarão abertas.

 

Obrigada!

 

Um saco com asas para voar

Um senhor pede-me um saco com asas. Ora como todos os sacos têm, à partida asas, perguntei se era dos de plástico. Disse que sim. Dei-lhe o saco e ele disse que tinha uma reclamação a fazer.

 

Eu: - Então diga!

Cliente. - É o saco!

Eu: Então não era de plástico?

Cliente. - Não, eu pedi com asas!

Eu : - Mas tem asas!

Cliente. - Ah tem, então porque não voa!? Devia voar até ao carro sozinho!

 

Estava a brincar comigo. Por vezes há destes clientes que vêm inspirados.

 

Por vezes são piadas secas, mas sempre dá para descomprimir...

 

Mas ao fim e ao cabo, os sacos de plástico até voam, já vi alguns a voar pelas ruas, pelos céus, pelo mar...

 

imagem13JPG.jpg

Ela passa pelo vidro

Como já aqui referi , estão a fazer remodelações no supermercado. E uma das coisas que mudou foi o local da entrada. Antes as pessoas entravam pelas portas da rua e  depois tinham de percorrer todo um corredor para entrar dentro do supermercado; agora a entrada da loja fica logo no início (mais perto da entrada da rua) e o local ao fundo, que antes era de entrada tem um vidro transparente desde o chão até ao tecto.

 

Há setas no chão a indicar a nova entrada, bem como outra seta ao nível da nossa cintura. Mesmo assim, a maioria das pessoas não repara, e vão até ao local da anterior entrada. Pisam a sinalética, mas não a lêem.

 

Nós quando vimos as pessoas a irem na direcção errada, avisamos e as pessoas voltam atrás.

 

Certa, vez uma senhora ia na direcção errada e eu avisei, e a resposta foi “ah, mas eu sempre entrei por ali”, e continua a andar, porque  de longe não se percebe que há um vidro lá. Fiquei pasma, a senhora que estava a atender naquele momento disse:”ela só passa se partir o vidro”! Ficamos a olhar, a ver o que acontecia. Entretanto, depois de um minuto parada, já deu meia volta e veio.

 

Ora digam lá, se não há pessoas,  mesmo teimosas!

 

elepassapelovidro.jpg

O respeito pelo espaço do outro

Estou a atender uma senhora na casa dos trinta anos, logo a seguir está outra senhora que podia ser a sua mãe. A senhora mais velha andava irrequieta de um lado para o outro. Cheguei a pensar que estavam juntas.

 

Quando chega a hora da senhora que estava a atender querer pagar com cartão multibanco, a outra senhora estava plantada atrás dela e a olhar, tirando a privacidade. A senhora que estava a pagar começou a falar ”entre dentes”, julguei que estava a falar comigo, mas era mesmo a criticar o facto de a outra estar colada a ela.

 

Eu sei que já por diversas vezes repeti este episódio, mas é uma situação demasiado frequente. Falta ensinamento e  formação às pessoas. Há tantos cartazes na loja com avisos, de publicidade, de informações, fazia falta um que remetesse para esta situação, para que existisse mais civismo, para que alertassem as pessoas. Uma sinalética no chão, embora quase ninguém olhe para o chão! Sei que por vezes, nem têm esta atitude por mal, muitas vezes até é distracção, ou falta de noção. Mas, se há pessoas que por si, não conseguem entender, têm de ser ensinadas, alertadas!

imagem0325JPG.jpg

As " donas cabeças no ar" na ida ao supermercado

donacaecar.jpg

Uma situação bastante frequente numa ida ao supermercado é o esquecimento, é a Dona Cabeça no Ar.

 

A Dona Cabeça no Ar, faz uma lista, vai buscar os sacos, porque precisa de ir num instante (porque a ida ao supermercado é sempre com pressa).

 

Ao chegar ao supermercado, leva um carrinho. Abre a mala e percebe que se esqueceu da lista. Então, decide percorrer todos os corredores em busca do que acha que lhe faz falta.

 

Carrinho cheio, e a hora a apertar, vai para a fila para pagar as compras. Quando a operadora lhe pergunta se precisa de sacos a Dona Cabeça no Ar, sem responder, sai a correr direto á porta de saída. “foi ao carro buscar os sacos” pensa a operadora de caixa, uma vez que é uma situação comum.

 

Chega á caixa cansada com alguns sacos. Ainda na fila repara num artigo que o outro cliente leva, e lembra-se que também precisa daquele produto, pergunta ao outro cliente em que lugar está, depois da explicação, lá vai a Dona Cabeça no Ar, buscá-lo. Ao sacos estão abertos, dentro do carrinho, mas os artigos, na sua maior parte, ainda cá estão fora.

 

Lá se organiza. Perguntam-lhe se tem cupões, e a Dona Cabeça no Ar, lá sai, novamente a correr, para ir imprimir cupões, quando os podia ter trazido de casa ou ter imprimido à chegada. Lá os imprime, a operadora lá os passa, e no final para pagar, a Dona Cabeça no Ar, não encontra o cartão multibanco. Retira de dentro da sua mala XL toda a tralha. Fica nervosa! Diz ter a certeza que trouxe o cartão. Na fila, há quem desespere, porque assistiu a tudo isto desde o inicio. Entretanto, vai ao bolso e lá encontra o cartão de pagamento.

 

Agora imaginem as vezes que esta situação acontece, imaginem a quantidade de donas cabeças no ar que por ali passam, imaginem o que é estar com os pés na terra, e ter de esperar e assistir a isto!?

 

Por favor, pensem um bocadinho, organizem-se melhor, não sejam tão cabeças no ar! Não ajam como se fossem o centro do universo, pois há mais pessoas a fazerem parte dele!

 

Daqui resultou que:

 

  • A lista ficou em casa
  • Os cupões não foram imprimidos
  • Os sacos ficaram no carro
  • Um artigo ficou esquecido
  • O meio de pagamento estava fora do lugar