Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

O semblante de que espera numa fila de supermercado...

 

Isto de ser uma operadora de caixa com uma “lupa secreta”, ou seja, com os sensores ligados, tem que se lhe diga. Certo dia, resolvi observar os rostos dos clientes numa fila de espera. Como havia um preço com código ilegível, a fila parou para que o assunto fosse resolvido. Sabem que carinhas e caretas eu vi!? Vi clientes de sorrisos amarelos, outros soprarem para controlar a respiração, vi impaciência, vi alguém que estava em picos de pés, vi clientes a bocejar (a espera faz sono), vi rostos desolados, vi um cliente que olhava para o relógio a cada segundo que passava. Ouvi sussurrar baixinho as palavras do costume. Enfim, certamente já fiz o mesmo semblante em alguma fila, mas quando se está deste lado pode-se observar melhor cada cliente. Afinal quem é que gosta de estar numa fila de supermercado? Quem é que já disse: “ hum que bom uma fila de supermercado, quero-a toda para mim!?”

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.