Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Fiz um avio tão grande e não foi nada pro cartão?*

Perguntas deste género são quase o prato do dia. Estou a falar do cartão de descontes que o cliente possui. O chamado cartão fidelização. Sempre que um cliente me diz isto*, eu respondo que os descontos não são atribuídos consoante o volume das compras, mas sim consoante os artigos que estão em promoção, ou então,  sempre que o cliente atinge 500€ de compras recebe 5€ no cartão. Depois há diferentes formas de reacção dos clientes:
·         Os que compreendem e dizem apenas ok;
·         Aqueles que ficam aborrecidos e respondem: " pois, mas eu levo aquilo que preciso e não vou levar os produtos que têm desconto, só porque tem desconto!"
·         Outros, que perguntam como saber dos descontos (respondo através do folheto).
Mas isto é uma espécie de ciclo, depois de um novo dia, voltam as mesmas perguntas eu repito as mesmas respostas. Sei que há clientes que até já desistiram do cartão, porque sentem-se desiludidos. Mas se soubermos dar-lhe o devido uso, podemos ganhar, ainda que pouco, alguma coisa com ele...

10 comentários

Comentar post