Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Os mais velhos...

Hoje vou dirigir a minha "lupa" para os mais velhos... Por vezes os comportamentos destes difere um pouco consoante a classe social, o meio onde vivem, ou mesmo o grau de estudo de possuem... Muitas vezes é difícil explicar determinadas coisas, principalmente para os clientes com poucos conhecimentos e de classe social mais baixa, fazem confusões por factos aparentemente simples. Isto não é uma critica social, antes pelo contrário, por vezes estes são bem mais calmos, temos é de explicar tudo mais devagar... Alguns deles ainda fazem confusão com os euros e falam em escudos e depois ficam baralhados... Usam muito o termo, "menina não se engane!" A par destas situações de dúvidas e de confusões são um grupo muito terno. Há mesmo aqueles que dá gosto atender, porque são pacientes e mostram disponibilidade para aceitar as novidades.

Um facto negativo que acontece com este grupo, é o facto de alguns reformados muitas vezes não terem dinheiro que chegue para pagar a conta e depois terem de desistir de um ou outro artigo. É uma situação lamentável , que me faz muita pena...