Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Uma questão prática

 

São poucos os supermercados que na secção da peixaria ainda embalam o peixe em vulgares sacos de plástico. Estes sacos causam muito transtorno não só para os clientes que por vezes o molho do peixe passa para outros artigos e muitas vezes só dão conta do facto ao chegar á caixa; bem como para as operadoras de caixa. Digo isto porque uma vez que não é nossa função mexer no peixe, chegamos a ficar com as mãos com o cheiro como se tivéssemos na peixaria. Como não nos é possível ir lavar as mãos acabamos por ficar com o odor nas mãos, já para não falar no o tapete rolante ( o qual com o paninho insistimos em limpar) e sem querer passamos uma má imagem para o cliente.
 
A solução é que se use sempre na peixaria os sacos que aqui mostro na imagem, pois são bem mais higiénicos e impermeáveis. Por vezes custa tão pouco melhorar um serviço e satisfazer as necessidades de higiene, quer do colaborador quer do cliente, não é verdade?
Talvez alguém da chefia pense um pouco nisto.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.