Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Desabafo

Certo dia, decidi ir comprar um iogurte para comer antes de começar o turno, porque o turno seria longo e sem pausas! Entrei no supermercado com um casaco meu que tapava a farda e  levava a minha mala. Dava para ver perfeitamente que estava ali como cliente, mas mesmo assim, e porque os clientes já me conhecem, se me apanham aproveitam para fazer perguntas. Perguntas do que tipo em que corredor é que está isto ou aquilo, depois ainda me pedem para eu lá ir. Muitas vezes eu nem sei onde é que as coisas estão, porque passo todo o tempo na caixa. O que aconteceu foi que para não dizer, não às pessoas, acabei por perder o tempo que tinha para a minha compra e para comer. O tempo passou e tive de ir embora e deixar lá aquilo que ia comprar. Será que é pedir muito que respeitem o nosso direito a ser cliente.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.