Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Pensem, mas não digam!

Hoje logo pela manhã um cliente dizia: " Estou muito desapontado com o que disse ontem o seu patrão"! Como eu nem tinha visto as noticias, perguntei o que tinha ele dito. Este senhor, contou que ele tinha dito que os ordenados deveriam ser em função da produtividade dos funcionários e que sem mão de obra barata não podia haver emprego!

E ao longo do meu turno, muitos clientes falavam no assunto e mostravam descontentamento. Um dos clientes chegou a dizer que se pudesse não comprava mais coisas no continente.

Eu que não entendo nada de politica, acho que muitas vezes, os políticos e as figuras publicas, dizem coisas que poderiam evitar, mesmo que as pensassem, não deviam de as dizer, porque conseguem sempre desiludir as pessoas!

E com isto tudo, quem é que ouve as desilusões, os desagrados e os desabafos dos clientes!? Quem?!  E depois colocam-nos a todos no mesmo saco. E nós somos apenas empregados!

 

3 comentários

  • Imagem de perfil

    A-lupa-de-alguem 19.03.2013 21:41

    Eu suponho que muitas vezes é a proximidade física que nos "obriga" a ir a um sitio ou a outro, principalmente quando o meio de transporte a usar são as próprias pernas.
    Muitas pessoas vão lá todos os dias porque moram lá perto. Recordo-me um dia uma senhora estar com pressa porque tinha deixado o tacho no fogão e faltava-lhe um ingrediente qualquer para cozinhar :)
  • Sem imagem de perfil

    jorge 20.03.2013 09:19


    100% de acordo com o António Diogo. Está instituído nas cabecinhas desta gente que é obrigatório ir ás compras a uma grande superfície. Proximidade? se não fossem todos encher os bolsos do Belmiro e companhia , podiam ter muitas pequenas loja de proximidade. Eu raramente vou a grandes superfícies e a centros comerciais. Não consigo compreender a necessidade das pessoas de se irem enfiar nesses sítios e passar horas lá as voltas . Vou comprando o que preciso diariamente e já verifiquei que não gasto muito mais por causa disso , até porque não compro coisas desnecessárias que se acaba sempre por comprar nas grandes superfícies .
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.