Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Delimitação de espaço: os emplastros

Lá vou eu ser repetitiva. Pois vou falar de novo na situação no espaço entre um cliente e outro. Quase todos os dias surge este problema, eu noto-o mais que os próprios clientes. Hoje houve uma situação em que o cliente que eu estava a atender ainda não tinha feito o pagamento, e já duas senhoras tinham o carrinho vazio atrás deste cliente de forma a que este nem se podia mexer, pois estava trancado. As senhoras não fizeram por mal, aliás são pessoas bem formadas e simpáticas. Acho que elas não tinham mesmo a noção do que estavam a fazer. O cliente ficou encurralado. Eu vi o Sr. um pouco aflito e pedi às senhoras "um momento que este senhor ainda está a ser atendido e assim, não consegue chegar ao multibanco"! Elas imediatamente pediram desculpa e recuaram.

Talvez uma delimitação de espaço desenhado no chão resulte, como nos bancos, por exemplo! Se calhar a situação custa-me mais a mim a presenciar do que ao resto das pessoas, por isso se eu estiver a exagerar avisem-me. Eu no lugar de cliente também não gosto de ter alguém atrás, do tipo emplastro! Sim emplastro, é o que as pessoas que não respeitam o espaço parecem!

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.