Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Pergunta para SIM ou NÃO

Sempre que pergunto a um cliente se "vai desejar fatura", e este ao invés de dizer, sim ou não, começa logo a ditar  o número, é um stresse, porque tenho de dizer "espere só um bocadinho", porque tenho de ir ás teclas e fazer os procedimentos. Parece que é nesta altura que os clientes, mais têm pressa!

 

Um dia, um cliente depois de eu ter pedido para esperar, continuou a ditar, e não queria repetir, porque segundo ele, "você é que pediu".  Eu respondi: "não, eu não pedi, eu apenas  perguntei se queria e depois é que ia perguntar qual era o número"! Lá repetiu, mas reclamou!

clientesapressados.jpg

 

Boa disposição na caixa prioritária

Estou na caixa prioritária. Nesta caixa, todos podem ser atendidos, apenas temos de ter atenção, se aparecer alguém prioritário, para pedir cedência da vez.

 

Estou a atender um senhor aí na casa dos 30 anos, e não há na fila pessoas prioritárias. Entretanto chega ao final da fila  um cliente habitual (na casa dos 50/60 anos), daqueles cómicos e sempre bem dispostos, e surge a seguinte conversa.

 

Cliente habitual : (coloca as mãos na sua barriga, e faz posição de grávida) - Ó Bela, hoje  tenho prioridade!?

 

Eu : Isso é de quantos meses!?

 

Cliente habitual: Seis mesitos!

 

Eu: Então tem prioridade!

 

Vai daí que o cliente que eu estava a atender, resolve entrar na brincadeira.

 

Cliente que estava a atender: Espere lá um bocadinho  (toca também na sua barriga) que a minha é de já 3 meses!

 

O que aconteceu, foi o pessoal da fila numa grande risada e diversão! Como se pode perceber, há momentos divertidos no trabalho!

caixaprioritaria.jpg

Quando o cliente faz a pergunta, mesmo já sabendo a resposta

 

Estou no meu posto de trabalho, fardada, com a caixa aberta, e o cliente diz: "está a trabalhar?" Nestes momentos só me apetecia dizer :" não, estou só a descansar, vim, porque acordei cedo!"

 

Quando a caixa já está fechada e estou a limpar tudo, o cliente chega e diz :" já está fechada, não pode registar só duas coisinhas?" Gostava de responder: " pois, já acabei por hoje, agora vou à minha vida, porque tenho outras coisas para fazer, como por exemplo, comer, que estou faminta"!

Pág. 2/2