Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

O espaço da operadora de caixa

Já por algumas vezes falei neste assunto, e sei que por vezes me torno repetitiva, mas é algo que aborrece. O facto de a parte do acrílico que separa o cliente da operadora ser muito pequeno e baixo, faz com que o cliente invada o nosso espaço. Desta vez, eu tinha em cima da registadora uma nota de vinte euros, porque estava à espera que a supervisora me trouxesse quatro notas de cinco. Um cliente, pega na nota e com ar de engraçadinho pergunta: "esta é falsa ou quê!?" E eu, por instinto, tiro a nota da mão da pessoa de forma um pouco brusca, ao que o senhor diz: "estava com medo que eu ficasse com a nota ou quê?" Só me apeteceu mandar-lhe um berro! Brincadeiras tolas!

Um episódio que impressionou os leitores do livro

Das pessoas que já leram o livro, duas delas já me  disseram que ficaram  impressionadas com este um episodio da página 53.  O cliente em questão é um cliente que passa pelo supermercado diariamente. Acho que tenho de falar com ele e contar-lhe que escrevi sobre ele. Na altura, foi um momento difícil, mas já passou mais de um ano e o Sr. já recuperou daquele momento. Espero realmente que ele não me leve a mal...

Os cupões têm datas

Um cliente está com os cupões na mão para me entregar e eu digo-lhe que os cupões só começam na próxima segunda feira dia 13, e dá-se o  seguinte dialogo:

Cliente: Aí é !? Então que dia é hoje!?

Eu: dia 11!

Cliente: Pois então este cupão que aqui tenho diz válido de 10 a 23 de fevereiro! - diz-me isto assim em tom de: "toma embrulha"!

Eu: Pois é, mas nós ainda estamos em janeiro!

 

 

 

Há 6 anos no sapo blogs

Eis que o blog "A lupa de alguém" chega hoje hoje ao seu 6º aniversário. A autoria do blog esteve quatro anos no anonimato, mas depois com a chegada do 1º livro a "Caetana" passou a ser a Anabela. Foi já editado em novembro de 2013 o 2º volume, do livro com o mesmo nome do blog. Quem diria que os desabafos e vivências de uma simples operadora de caixa chegariam a livro!?

 

Mas foi tudo  graças ao blog, a partir das visitas, dos comentários, das ajudas da equipa "blogs do sapo". Apesar de ter passado do mundo virtual para o formato palpável, o blog continua aqui. Apesar de já me terem dito que escrevo menos que antes, acho que continuo a actualiza-lo sempre, principalmente quando acontecem novas situações.

 

Espero que o blog continue a vos ser útil, a vos divertir,  a  vos surpreender, e fazer-vos pensar mais neste pequeno mundo chamado "supermercado"! Da minha parte vou continuar a ter sempre a minha lupa em acção !

 

Feliz Blog-aniversário para o blog!

Os espertinhos do costume

Se há "coisa" que me chateia logo à chegada ao trabalho, é eu ir a passar pelas filas com o fundo de caixa na mão  e ter alguém espertinho a perguntar: "menina para que caixa é que vai"? Respondo: " vou para a caixa 8, mas vou chamar por ordem de fila"! E depois o cliente fica chateado porque achava que se fosse atrás de mim seria logo o primeiro da fila. Será que não entendem que não pode ser assim?

Nos últimos dias do ano

Nos últimos dias do ano, principalmente no dia 31, as pessoas andavam numa correria às compras. A diferença entre o dia 24 e o dia 31, foi que no dia 24 por ser véspera de natal as pessoas, apesar da correria pareciam mais amáveis, talvez um pouco inundadas pelo espírito de natal; no dia 31 as pessoas estavam menos simpáticas, mais reclamadoras. Se não conseguiam encontrar algum produto por estar em falta, faziam logo escândalo. Na minha caixa uma senhora dizia: "como é que deixaram acabar o caldo verde numa casa destas!"?

 

Enfim...agora que estamos janeiro, creio que chegou a bonança!

 

 

Pág. 2/2