Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Moedas pretas

É engraçado, onde por vezes, um simples pedido de moedinhas pretas, nos pode levar. Desta vez um cliente levou o pedido para onde ele esteve, em tempos de guerra, Guiné. Contou-me cenas horríveis que presenciou naquela época. E realmente para quem presenciou aqueles episódios, até me pareceu ter superado, porque é uma pessoa muito bem disposta.

Enfim...

Preguiça de tirar o cartão da carteira

O cliente levava dois sacos de ração para cão (o total passava os 30€), pergunto pelo cartão do continente, e o cliente responde "não"! No final sai o talão , entrego ao cliente, e este diz-me: "então e o talão para a gasolina", ao que eu respondo: " o talão para a gasolina está associado ao cartão, só quem tem cartão tem o cupão!" O senhor depois disto , e já estando eu a atender outra pessoa, abre a carteira tira o cartão e dá-me. Eu disse-lhe que agora já não podia fazer nada e pedi para se dirigir ao balcão de informação. Mas vi que ele não foi lá e vi que foi a reclamar.

 

Quem manda armar-se em espertalhão! Se tinha o cartão porque disse que não!? Preguiça de o tirar da carteira? E depois já queria desconto para a gasolina! Dah!

 

lapreguica.jpg

Muita genorosidade no Banco Alimentar

Tenho uma posição privilegiada para notar o quanto os portugueses são generoso, apesar da situação de crise, em que o país se encontra.

Chega à minha caixa um cliente com um carrinho cheio e dá-me três sacos do Banco Alimentar , e diz-me. " se não couber tudo vai à solta no carrinho". Começo a registar e pergunto com a placa do cliente seguinte na mão, até onde é que eram os produtos para o Banco Alimentar, ao que o cliente me responde: " Então é tudo, vim cá de propósito!" Era um carrinho cheio e eu fiquei surpreendida e disse ao senhor que ele era muito generoso, ao que ele me respondeu: "oxalá eu nunca venha a precisar"!

São situações que emocionam. Por vezes são as pessoas que passaram por alguma dificuldade que mais generosas são!

Pág. 2/2