Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Não gosto...

  • Não gosto que me digam "hãm?" - Acontece quando digo o total ou quando pergunto pelo cartão Modelo;
  • Não gosto que me atirem com um molho de chaves abruptamente para a frente - acontece quando me querem dar aquele cartãozinho do Modelo que está junto às chaves; 
  • Detesto quando me tiram os sacos da frente, quando há sacos sobre o tapete;
  • Não gosto que os clientes me tratem como se fosse empregada deles, sou empregada do Modelo;
  • Não gosto que não me  cumprimentem, se eu cumprimento, podiam retribuir educadamente;
  • Detesto quando me roubam os sacos, achando que eu não vi.
  • Não gosto que os clientes estejam com os sacos abertos, para eu colocar lá as compras. Prefiro fazer tudo sozinha!
  • Não gosto, que quando o  tapete cheio de artigos, me estejam a dizer:" agora passe o pão ", depois " agora passe o leite " e lá ando eu feita tonta à procura. O cliente tem de ter paciência, e deixar que a operadora passe os artigos pela sequência que eles estão no tapete...

 

naogosto.jpg

Para a próxima, escrevo sobre o que gosto 

 

 

 

A crise

Ultimamente muitos clientes têm falado da crise. Ouço muitas queixas, histórias revoltantes de injustiças. Apesar de  tudo muitos clientes também dizem que este ramo (o retalho) é o que mais se aguenta, pois mesmo que não haja dinheiro para grandes luxos, para a comida sempre vai dando. 

Hoje uma senhora confessava-me que já não sabia mais onde poupar. E depois disse-me: " se calhar tenho de lavar a roupa à mão com sabão azul e branco como no tempo dos meus pais. É que gasto imenso dinheiro em detergente e electricidade, pois a família é grande e tenho sempre muita roupa para lavar!"

 

crise-jpg[1].jpg

 

Pág. 3/3