Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Crianças traquinas

As crianças por vezes são muito traquinas, e quando os pais já estão exaustos das suas traquinices, dizem: "- Olha que a menina ralha contigo"! Isto depois de já terem mexido em todas as coisas que estão na caixa: tipo botões onde se digita o código do multibanco, material da operadora, impressora. Eu gosto imenso das crianças e por vezes divirto-me com as suas conversas, mas nestas situações em que me desorganizam tudo... os pais podiam impedi-las... Sei que nem sempre é fácil, mas nos coloquem numa situação de : a má da fita !

Extrema simpatia

Há um senhor que costumo atender que é extremamente simpático, cordial, educado, prestável... enfim até acho que por vezes exagera, mas sabe bem atender clientes assim. Não me trata por menina nem por senhora, mas sim por Dona. Só há uma coisinha que não me agrada: ele abre os sacos e depois fica a segurar no saco com ele aberto para eu colocar lá os artigos. Ai que nervos... Eu sei que é só simpatia e boa vontade da parte dele, mas eu gosto de ser eu fazer isso, porque assim acaba por me atrapalhar. Hoje o senhor ia com a esposa, e então eram os dois cada um com um saco aberto na mão e eu já nem sabia para onde me voltar. Não quero parecer ingrata e dizer-lhe para não fazer isso, mas gostava que ele descobrisse isso sozinho...

Pág. 3/3