Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Cliente zangada descarrega o stresse na caixa...

Uma cliente chega à minha caixa  com um ar bastante zangado. Começa a colocar os artigos na passadeira rolante com bastante agressividade, se tivesse algo que se partisse teria partido com certeza! E eu a pensar: "Digo alguma coisa ou não digo!" Pensei em não dizer nada e fingir que estava tudo normal. Uma coisa que aprendi nas primeiras formações que tive, foi de nunca perguntar ao cliente se ele tem algum problema. Então perguntei se precisava de alguma coisa. Nessa altura, a cliente disse-me que estava enervadíssima pelo tempo que esteve na peixaria.

 

Enfim, eu até compreendo, mas era preciso ir descarregar o stresse na caixa? Imaginem eu estar aborrecida por alguma razão e fazer cara feia ao cliente só porque estou chateada, ou registar os artigos e atirar com eles para o outros lado?! Já sei, já sei, os clientes podem estar bem ou mal dispostos, mas nós não!

7 comentários

Comentar post