Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Ela saiu pela saída sem compras com artigos na mão

Uma senhora já de certa idade, mas aparentemente bem informada, chega à minha beira do lado da saída das caixas, com uns pacotes de amêndoas. Sim, ela saiu pela saída sem compras e ninguém deu por ela. Perguntou-me se eu a podia atender já ou se tinha de dar a volta! Eu fiquei a olhar para ela e disse-lhe: " dar a volta...mas a senhora de onde veio"!? E ela aponta o local, pois então! Eu disse-lhe:" Mas a senhora, não pode sair com os artigos por aí!" Sabem o que ela respondeu: " sabe o que foi? É que eu pensava que a minha filha estava aqui à minha espera, porque nós já cá tivemos mas eu esqueci-me disto. Mas então tenho de dar a volta ou não?!"

 

Como não havia maneira da mulher entender que tinha feito algo errado, e como havia fila, sugeri-lhe que pedisse a alguém para lhe dar a vez. Ela ainda disse: " eu é que peço?" Mas será que ela queria que fosse eu? A minha colega da frente olhava para trás indignada e ria-se. Entretanto atendi a senhora, e quando esta saiu, a minha colega voltou-se para mim, e comentou o facto. A senhora que eu estava a atender e que entendeu o que ali se tinha passado disse-nos (a mim e à minha colega): "mas vocês até se divertem com estas situações, não?" A minha colega ainda disse que era bom para quebrar a monotonia, e eu pensei logo: "vou blogar isto!"

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.