Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Não me faças rir colega, estou a tentar conter-me!

Estou a atender um senhor de nacionalidade Ucraniana ( ou outra da Europa de Leste que não distingo). Para além de eu não o conseguir entender, pois ele falava mal a nossa língua, este senhor tinha um palito na boca o que ainda dificultava mais a comunicação.

 

Ele queria me fazer uma pergunta, e eu não estava a entender. A colega que estava atrás de mim, começou rir da situação. Eu estava a tentar conter-me, mas a situação não estava fácil. O que este senhor me queria dizer era se eu podia descontar um vale da Galp que não estava ali com ele, mas lá em casa , porque ele se tinha esquecido!

 

Nem imaginam o enredo que foi! Depois do senhor sair, eu, a minha colega, e todos os clientes que estavam por perto rimos. Não foi um riso de gozo,  imagino a dificuldade que eu teria no país dele...apenas nos rimos de todo aquele episódio. E achamos graça  também o facto de o senhor não ter tirado o palito, e da ingenuidade da pergunta!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.