Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Baratas no carvão

Estou a atender um casal muito simpático, divertido como costumam ser algumas pessoas do meio rural ( disseram-me que viviam no campo). No momento em que passava um saco de carvão, o Sr. disse: " aqui há uns tempos levei um que tinha baratas!" Mas como o cliente parecia estar a brincar, sorri. O homem prosseguiu : " diga lá isso aos seus chefes"! Então perguntei se o senhor estava mesmo a falar a sério, ao que ele respondeu afirmativamente. Então eu disse : " mas estavam mortas, claro!?" Mas enganei-me, o senhor disse que estavam mesmo vivas e a esposa confirmou. Fiquei estupefacta! Mas o cliente disse que vindo do carvão, até  era normal. Depois, uma outra cliente que lá estava disse: " não me admiro nada, o ano passado no hipermercado y estava um cobra nas bananas, mas era pequenita!

 

Tenho ainda algumas dúvidas sobre isto, pois penso se o saco vêm fechado, como é que os bichos sobreviviam lá dentro? Alimentando-se de carvão? Isto já foi há uns dias, e agora sempre que passa um saco de carvão na minha caixa eu lembro-me desta história, e passo com uma rapidez daquelas para me ver livre daquilo!

 

nota:

Espero que este post sirva para as pessoas que trabalham com o carvão, tenham mais atenção...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.