Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

Dinheirinho, adeus!

 

Já é comum, as pessoas se queixarem do custo de vida, e da conta, quando reparam o total ou quando nós os dizemos.

Estava a atender uma senhora, que não foi excepção e disse "ai tanto, mas em quê!? multibanco por favor!" E quando está a marcar o código, está literalmente a despedir-se do seu dinheiro, acenado para o terminal do multibanco e dizendo"ADEUS"!

BYMONEY.jpg

Clientes queridos e especiais

Há clientes que com tantos anos de convivência, mesmo só os conhecendo dali, já há amizade e até afinidade!

Por vezes, há até gostos em comum, que vamos descobrindo ao longo do tempo. Um casal amigo cuja senhora sempre falava das suas gatas e eu dos meus gatos.  Perguntava sempre pelos "meus meninos" e eu pelas "meninas dela"!

Antes iam só o casal, já com alguma idade, mas também com vitalidade. Depois passaram a ser acompanhados pela filha. No entanto, comecei a ver só a filha. Um dia tive a oportunidade e perguntei-lhe pelos pais, e, foi aí, que fiquei a saber que aquela simpática senhora, estava com demência.  Assim sendo,  não podia sair,  o pai ficava a cuidar dela, pois ela já fazia muitos disparates.  Esta filha até ficou de lágrimas nos olhos ao me contar a situação. Fiquei triste e surpreendida, porque ainda há tão pouco tempo, tinha falado com a senhora e não percebido tinha qualquer sinal de doença!

É realmente triste irmos deixando de ver certos clientes, e darmos conta que o tempo galopa e não perdoa!

123654.jpg

Caixa de supermercado não é banco

cliente.jpg

A tarefa de operador de caixa é de muita importância e responsabilidade, até porque mexemos com dinheiro, o que requer muita concentração!

Por vezes, os clientes pedem para  trocarmos grandes notas, ou até, o inverso, ou seja, trocar  pilhas de moedas em notas, mas essa tarefa não é nossa, não o podemos fazer, essa tarefa compete, por exemplo,  aos bancos!

Alguns clientes não entendem, que são normas que temos de seguir e respeitar, e ficam chateados!

Uma confusão linguística

Uma cliente, por acaso brasileira, pergunta-me se temos, auga marinha. Respondo com outra pergunta: "não sei, mas vem engarrafada!?" Ao que a senhora diz que "vem em folhas, e que é para por o sushi"! Como estava lá uma colega da reposição.  chamei-a para ela me ajudar a entender a senhora!

Afinal.  o que a senhora queria, eram algas marinhas, como os brasileiros não usam o "L" como nós eu entendi água marinha!

algas.jpg

Agradecer o bem que me fazem, é ganhar forças para vos retribuir em dobro

A minha caixa registadora, se assim lhe posso chamar, estava lenta quando era necessário fazer uma fatura completa. E, por vezes, não é possível resolver logo o problema de raiz, então a solução era haver um pouco de paciência e esperar um ou dois minutos.

A dada altura comecei a ficar stressada, porque não gosto de ver a fila a aumentar, e não conseguir despachar o serviço. Ter de deixar os  clientes  à espera, mesmo com pouco movimento, é algo que me custa. Sabem que por vezes um minuto, parece meia hora.

Não eram muitos os clientes que queriam fatura completa, mas quando algum pedia, eu já sabia que ia demorar um pouco mais!

Eu pedia desculpa. Não é fácil haver ali um impasse, e não conseguir resolver, fico mesmo enervada! Mas,  tenho a dizer, que todos foram compreensivos. Chegaram ao ponto de me dizer para eu ter calma , que tudo se resolvia. E isso é algo que me faz ter esperança nas pessoas, na humanidade, e estou muito grata!

Já lá tinham ido à minha caixa duas colegas, já tinha reiniciado a caixa,  mas o problema, continuava!

Somente quando lá foi uma terceira colega e me deu uma dica importante, o processo das faturas começou a resultar melhor e a ficar mais rápido!

gratidaoclientes.jpg

Uma menina muito educada e simpática

As crianças são mesmo especiais. E com a sua pureza e doçura, são capazes de transformar os nossos dias!

Estava a atender uma senhora com a sua filha que devia de ter uns 4 ou 5 anos. A menina apresenta-se dizendo o seu nome! Eu disse-lhe que ela tinha um nome muito bonito e que também ela era linda e simpática! Então ela perguntou-me como eu me chamava. Respondi.

Diz-me ela: "És parecida com  a Elsa"! Ao que eu pergunto: "Que Elsa?" 

Ela diz : "Da Frozen!"

Talvez porque eu estava a usar uma trança! Para mim foi um elogio! Deixou-me emocionada! E despediu-se de mim calorosamente!

Tão querida! Tornou o meu dia, bem melhor!

parecesaElsaFrozen.jpg

É preciso ter muita paciência no atendimento ao público

Uma cliente estava a arrumar os seus artigos nos sacos, quando me diz que se esqueceu de uma coisa e que vai, num instante, buscar!

Entretanto o tapete começa a ficar cheio de coisas, eu termino o registo e a senhora, nunca mais volta. Com a intenção de despachar as coisas, para que os outros clientes não fiquem á espera, vou embalando as compras da senhora nos sacos, colocando os detergentes nuns sacos e os alimentos em outros. Quando ela regressa, não trazia um, mas vários produtos. Quando vê que embalei os artigos nos sacos, despeja-os, dizendo que, tinha de levar as coisas separadas, porque havia coisas dela e outras da mãe!

De vez em quando, surgem estas pessoas assim, sem noção. Só fez foi empatar os outros clientes. Nós por vezes queremos ajudar, com o embalamento nas compras nos sacos, e as pessoas, são cheias de critérios para as compras irem nos sacos!

É preciso ter muita paciência!

atendimentoaopublico.jpg

O encontro das três manas é aos domingos no supermercado

Aos domingos , tenho muitas vezes, o gosto de atender três manas (na casa dos 50 anos, idades próximas) que vão juntas ás compras. Já percebi que combinam o encontro no supermercado. Cada uma tem a sua vida, a sua casa, mas aquele encontro habitual é no supermercado ao domingo de manhã!

São todas muito simpáticas, mas há uma que conversa sempre mais um bocadinho comigo. Por vezes, uma está na caixa  a falar com a outra que já está despachada, ou ainda a outra que  não terminou a recolha dos produtos!

Todo aquele ambiente familiar, toda aquela irmandade e cumplicidade é tão linda e inspiradora! Dera a muitos de nós podermos ter estes momentos!

3manas.jpg