Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A entrevista ao SAPO Blogs

Meet the blogger Anabela Neves

eu-blogger.jpg

 

A Anabela relata, desde 2008, o seu dia-a-dia como operadora de caixa num supermercado e respondeu a cinco perguntas nossas sobre o blog.

 

Porque decidiu criar um blog?

Tive a ideia de observar “à lupa” o meu aparentemente desinteressante trabalho de operadora de caixa, procurando encontrar mais do que um suceder de práticas que constituem a função de operadora de caixa. Quando comecei a dar atenção aos pormenores, apercebi-me de que, afinal, aquele era um universo rico em experiências únicas e não tão desinteressantes assim. Decidi criar um blogue para registar os aspectos mais marcantes do meu dia-a-dia e também como forma de os compartilhar com outras pessoas. É também uma forma de descomprimir, desabafar e de tornar este espaço útil. A intenção era também fazer com que os leitores tomassem consciência do que é esta profissão e também terem a percepção das figuras que, por vezes, as pessoas fazem no supermercado.


Alguma vez foi reconhecida por um cliente como a Anabela do "A lupa de alguém"?

Consegui manter este espaço em segredo, entre amigos e familiares, durante cerca de 4 anos. Foi então que surgiu a oportunidade de transformar aquele blogue em livro, transpor para um formato palpável o que apenas existia no mundo virtual. Foi aí, no momento em que surgiu o primeiro livro e com as idas à televisão, que os clientes do supermercado me reconheceram e felicitaram. Houve até um cliente que se identificou num episódio do livro e andava pelo supermercado a dizer: “estou na página 20”! Foram momentos únicos que vou guardar para sempre na minha memória. Ainda hoje, há clientes que me chamam de “a escritora” e que ainda visitam e falam sobre o blogue e os livros. Livros, porque em 2014 saiu um segundo volume, ambos com o nome do blogue.


Qual foi o episódio mais caricato que relatou até hoje no blog?

Há tantos episódios caricatos que se torna difícil relatar apenas um. Creio que as situações mais caricatas acontecem provavelmente com velhotes, talvez porque estes modernismos dos supermercados não existiam nos seus melhores tempos, e também porque a localidade em si tem por perto muitas aldeias. Certa vez, estava a atender um casal que tinha dois carrinhos cheios de compras e um velhote que vinha a chegar à fila diz: ” Mas isto é tudo vosso?! Tanta coisa! Parece que vem aí a guerra”!

Do que gosta mais no seu trabalho?

O que mais gosto deste trabalho é mesmo de conversar com os clientes, sentir que eles não me vêem apenas como uma máquina de registar, percebem que existe uma pessoa que está do outro lado da caixa, a operadora.

Pode recomendar-nos outro blog no SAPO?

Eu poderia recomendar bem mais que um blogue, pois há uma imensidão deles que eu sigo. Mas vou puxar um pouco “a brasa à minha sardinha” e recomendar um outro blogue meu, menos conhecido e completamente diferente do “A lupa de alguém”. É o “Riscas, o gatinho amarelo”, dedicado ao meu filho e ao seu animal de estimação, o gato Riscas.

 

Obrigado, Anabela!

 

6 comentários

Comentar post