Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

A lupa de alguém

Sou operadora de caixa num supermercado Continente modelo. É esse universo que eu trato neste espaço...

É urgente

 

É urgente educar os clientes. No que diz respeito a cada um (cliente) cuidar dos seus cupões, dos seus descontos. Cada vez mais, os clientes delegam esse trabalho na operadora de caixa. Ela é que adivinha os descontos que o cliente tem; ela é que sabe se aqueles cupões servem naqueles produtos; ela é que selecciona; e ela é que é culpada se alguma coisa não corre como o cliente esperava que corresse!

As filas param...

 

A situação mais chata, que tive, foi num sábado, dia de grandes filas, uma cliente me entregar quatro folhas com cupões. Ao olhar para aquilo vejo  que ela devia de ter, dois cartões, pelo menos. Isto depois de ter um carrinho cheio com as compras registadas e embaladas. Ela devia de ter separado as compras para utilizar dois cartões e os cupões a que cada um pertencia, não  fez nada disso. Deu-me as folhas e um cartão e depois deu-me o outro e queria que eu separasse tudo para ela ter os descontos. Confesso que deu-me vontade de fugir dali.

Desafio

Bem, não é muito meu hábito responder a desafios, porque muitas vezes são sobre cenas pessoais, mas vou responder a este, porque este é mesmo sobre o blog.

Obrigada ao Dados Lançados  pelo desafio.

 

As regras são as seguintes:

 

 O desafiador deve fazer 5 perguntas sobre o(s) blog(s) escolhido(s);
 O desafiador deve deixar os links dos blogs que desafiou;
 O blog que for desafiado deve deixar na TAG quem o desafiou;
 Só é permitido criar perguntas sobre o blog;
 Os blogs desafiados devem ser informados disso e responder nos comentários da tag se aceitam ou não.
Perguntas e respostas:
 
1 - O que te fez criar um blog?
Ter um trabalho muito monótono. Haver clientes muito inéditos nas suas atitudes, pedidos, observações. Ter uma forma de desabafar e descomprimir.
2 - Como escolheste o nome para o teu blog?
Coloco-me como uma observadora, observo os clientes "á lupa", daí a lupa de alguém!
 
3 - Qual o assunto que mais gostas de tratar no teu blog? 
Gosto de falar não só das situações caricatas, mas também das engraçadas. A fila de um supermercado é um universo rico em experiencias únicas.
 
4 - Qual foi o post que mais gostaste de escrever até agora?
Não houve um em particular, mas gostei mais de uns que de outros.
 
5 - O que esperas para o futuro do teu blog? 
Que continue a ajudar-me a desabafar, que seja útil para quem o lê!
.
Perdoem-me eu não desafiar ninguém em particular, desafio, a todos, os que o queriram fazer. É um bom exercicio!

Porta sacos continente

Este porta sacos está à venda junto às caixas. Toda a gente pede para experimentar. Toda a gente acha que é uma boa ideia. Toda a gente acha que aquilo é oferta! Toda a gente, depois de ver o preço,  acha caro! Há quem diga "se a moedinha que aí vem é de 0,50€, esse podia, pelo menos, ser o preço"!

Enfim...

Regresso às aulas 2014

É sempre uma época interessante para os miúdos e os graúdos. Tantas coisas  giras e novas. A mochila a condizer com a bolsa. O dossier a condizer com o caderno. As princesas e os heróis da pequenada no material escolar. A proximidade das aulas, os encontros e reencontros...

Para os pais são os euros... a sair da carteira.

 

A fome não escolhe momento, apenas acontece...

Por vezes assisto a cada momento mais engraçado. Estavam duas jovens, uma delas com um bebé ao colo, a mãe suponho. A dado momento a criança com a mãozita parece estar a tentar despir a camisa da mãe. A jovem ria-se e dizia, qualquer coisa do género: " agora não, espera"! A principio eu não entendi, mas depois a criança insistia, e a outra jovem disse: "dá-lhe a chucha"! Isto tudo, porque a criança devia de estar com fome e sabia perfeitamente onde estava o leitinho dela!

Lindo!

Os estrangeiros

Hoje atendi tantos clientes estrangeiros. Muitas das vezes só percebia que eram estrangeiros quando perguntava se tinham cartão continente e a resposta era que não falavam português, ou então respondiam que sim, mas não tinham, apenas não percebiam a pergunta ou achavam que estava a falar de um cartão multibanco.

Houve até um jovem que respondeu "não capito"!

Continuo a achar, que pelo menos, o "bom dia" e o "obrigado" os estrangeiros que nos visitam deviam de saber usar, já que quando nós portugueses vamos ao estrangeiro, temos esse cuidado, certo!?

 

 

Os emigrantes e as férias

Todos os anos nesta altura, notamos a chegada das férias, pela presença do sotaque dos emigrantes. O sotaque alemão,  inglês, mas principalmente francês, já se ouve nas filas e nos corredores do supermercado. É engraçado como os portugueses misturam na mesma o francês e o português! Os emigrantes que vivem no nosso país, os ucranianos por exemplo, quando estão a falar uns com os outros falam na sua língua de origem, mas os portugueses que estão nos países de expressão francesa, mesmo estando em Portugal e entre portugueses falam mais francês que português. Ontem mesmo, uma portuguesa fez-me uma pergunta em português, eu respondi e ela respondeu "dácore"!